15 de novembro de 2018 Cosems-RN se manifesta contrário à interrupção da cooperação técnica cubana no Brasil
Por Ascom Cosems-RN

Em decorrência aos últimos acontecimentos envolvendo declarações depreciativas e ameaçadoras do presidente brasileiro recém-eleito, Jair Messias Bolsonaro, em relação aos médicos cubanos integrantes do Programa Mais Médicos (PMM), que levaram o Ministério da Saúde Pública da República de Cuba a convocar prematuramente estes profissionais, o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN) sugere a revisão do posicionamento do presidente recém-eleito sobre a manutenção das condições atuais de contratação destes médicos para que o PMM possa continuar em pleno funcionamento, oferecendo a devida assistência à população brasileira mais carente.

Confira a nota do Cosems-RN na íntegra: http://www.cosemsrn.org.br/wp-content/uploads/2018/11/Cosems-RN-se-manifesta-contr%C3%A1rio-%C3%A0-interrup%C3%A7%C3%A3o-da-coopera%C3%A7%C3%A3o-t%C3%A9cnica-cubana-no-Brasil.pdf.