O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (Cosems-RN), foi constituído no ano de 1989 como ente de mobilização e representação dos gestores da política de saúde dos municípios potiguares. De direito privado, sem fins lucrativos e se pautando pelos princípios que regem o direito público, o Cosems-RN reúne os 167 secretários municipais de saúde do Estado.

O Conselho Diretor da Instituição é formado pela Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Vice-presidências regionais. A Diretoria Executiva é formada por um Presidente, dois Vice-presidentes, um Secretário Geral, um Secretário de Articulação Interinstitucional e um Diretor Financeiro. O Conselho Fiscal é formado por três membros titulares e outros três suplentes. Já as Vice-presidências regionais são formadas por oito membros titulares e outros oito suplentes. Com exceção das Vice-presidências Regionais – que seus representantes são eleitos em suas respectivas regiões de saúde – a Diretoria Executiva e o Conselho Fiscal são eleitos a cada dois anos, em assembléia geral, formada por todos os secretários de saúde do Estado.

O Cosems tem como missão agregar e representar o conjunto de todas as secretarias municipais de saúde, promovendo o pleno exercício das responsabilidades dessas instituições na política de saúde perante as demais esferas de governo e aos poderes legislativo e judiciário, além de outras entidades da sociedade civil organizada.

Ao longo de toda sua história o Cosems-RN cresceu e, solidariamente, se constituiu em um espaço de formulação de políticas publicas de saúde no território potiguar. Incessantemente busca melhorar os resultados, lutando para vencer os desafios, agregando em sua pauta de atuação, assuntos relacionados à qualidade de vida, saúde e cultura de paz, com forte atuação nas definições do pacto pela saúde na defesa de um financiamento mais justo para o Sistema Único de Saúde (SUS), na redução das desigualdades municipais, na construção da pactuação regional e na gestão do trabalho como função estratégica para garantir o acesso integral à saúde no SUS.

Além de aprimorar as funções de representação técnica e política dos municípios, o Colegiado busca parcerias com órgãos formadores para capacitação de gestores e profissionais de saúde, destacando-se como parceiros à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), à Secretaria Estadual da Saúde Pública (Sesap), o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e o Ministério da Saúde (MS), dentre outros.