22 de março de 2021 CNS lança cartilha para orientar realização de conferências de Saúde nos municípios diante da pandemia As Conferências de Saúde são, junto aos Conselhos de Saúde pelo Brasil, os principais espaços democráticos de construção de políticas de saúde no país
Por Ascom Cosems-RN

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) tornou pública nesta terça (09/03) o Manual Básico para Realização de Conferências de Saúde 2021. O documento apresenta, de forma didática, quais são os passos necessários para realizar uma conferência de saúde levando em consideração o contexto atual de pandemia de Covid-19. O material é destinado a conselheiros e conselheiras de saúde nos estados e municípios, além de agentes e ativistas do Sistema Único de Saúde (SUS), que contribuem com a participação social nos territórios.

As Conferências de Saúde são, junto aos Conselhos de Saúde pelo Brasil, os principais espaços democráticos de construção de políticas de saúde no país, compondo o controle social para a deliberação e fiscalização das políticas públicas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). Elas podem ser definidas por um amplo fórum de debates que conta com a participação de diferentes representantes da sociedade civil e do governo, sempre com a finalidade de avaliar, planejar e definir as ações e diretrizes que melhorem a qualidade dos serviços de saúde pública.

O documento reafirma as necessárias políticas de distanciamento social nos municípios, nos estados e no Distrito Federal, devendo os organizadores dos eventos manterem todas as normas sanitárias sugeridas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde, prezando pela saúde de todos e todas durante o processo.

Para isso, a cartilha sugere que o máximo de atividades relativas às conferências seja realizado de modo virtual, com a atenção necessária para a garantia da participação de representantes de toda a sociedade. “Importante não esquecer das pessoas mais precarizadas, que precisam de apoio ou auxílio para acessar os ambientes virtuais em que se realizarão as atividades e debates da conferência de saúde”, alerta o documento.

Leia o Manual na íntegra

VIA PORTAL CONASEMS