17 de março de 2020 Cosems participa de articulação da Sesap com hospitais para contenção do Coronavírus
Por Ascom Cosems-RN

Nesta terça-feira (17) o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (Cosems-RN), nas pessoas de sua presidente, Maria Eliza Garcia (Doutor Severiano) e de seu secretário-executivo, Sueldo Queiroz, participou de audiência com o titular da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Cipriano Maia, em Natal, com o intuito de promover articulação entre os serviços de saúde do RN e para acompanhar a situação de unidades públicas de fora da rede estadual de saúde em relação ao enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus (COVI-19).

A reunião também teve o objetivo de levantar as possibilidades de abertura de espaços de isolamento hospitalar e assistência respiratória dentro dos planos de contingência de cada unidade. Também foram abordadas as medidas em relação a estoques de insumos, fluxos de atendimento, circulação de pessoas nos hospitais, e atenção a gestantes e puérperas.

Além do Conselho de Secretarias o encontro também reuniu gestores e representantes do Hospital Universitário Onofre Lopes (Natal), Hospital Universitário Ana Bezerra (Santa Cruz), Maternidade Escola Januário Cicco (Natal) e da Secretaria Municipal de Saúde de Parnamirim.

COMITÊ GESTOR

Após encontro na Sesap, Maria Eliza Garcia e Sueldo Queiroz participaram da primeira reunião do Comitê Estadual de Emergências em Saúde Pública, na Governadoria do RN, que busca a definição de medidas de contenção de enfrentamento e combate ao COVI-19. Desta vez, o encontro contou com presença da governadora Fátima, do vice Antenor Roberto, de representantes do Ministério Público, do Conselho Estadual de Saúde, de prefeitos, de membros da equipe técnica do Governo e de vários outros representantes que integram o Comitê Gestor.

BOLETIM

O Rio Grande do Norte tem 33 casos suspeitos para o novo Coronavírus que aguardam resultados de exames laboratoriais. Ao todo foram notificados 58 casos, sendo que 24 já foram descartados. Até o momento apenas um caso foi confirmado, na última quinta-feira (12), e a paciente cumpriu os protocolos necessários e não apresenta mais sintomas.